Skip to main content

Arararinha azul

Espécies

Arararinha azul

(Cyanopsitta spixii)

Alcança até 57cm e pesa entre 296 a 400g. Sua coloração é inteiramente azul, sendo que na cabeça o tom é um pouco mais pálido e nas asas o tom é mais escuro.

Status de conservação

Considerada EXTINTA na natureza (CITES I). O último exemplar desapareceu em 2000, restando pouco mais de 60 indivíduos criados em cativeiro, sendo a maioria fora do Brasil.

Fonte: IUCN

Distribuição geográfica

Curaçá, cidade ao norte da Bahia.

Habitat

Mata de galeria da caatinga onde predomina a caraíba (Tabebuia caraíba).

Alimentação

Sementes de Jatropha sp, Cnidoscolus sp; e frutos de Ziziphus sp e Maytennus sp.

Ameaças

Caça e tráfico ilegal, assim como a destruição e degradação do habitat.

Conservação

Existe um grupo de estudo com esforços internacionais para recuperação da espécie, coordenado pelo IBAMA. Os efeitos positivos do real envolvimento da população local, promovido pelo Projeto Ararinha Azul em Curaça na Bahia (www.ararinha-azul.vila.bol.com.br) ainda são efetivos e ao mesmo tempo que se busca o aumento da população em cativeiro, se conserva o habitat específico, visando futuras reintroduções.

Mapa de distribuição

Fonte: IUCN

Taxonomia

Classe: Aves

Ordem: Psittaciformes

Família: Psittacidae

Gênero: Cyanopsitta

Espécie: Cyanopsitta spixii

Nome comum: Ararinha Azul.

Outras araras

Ajude a manter as araras livres na natureza

SEJA UM PADRINHO E ADOTE UM NINHO OU UM FILHOTE